Namorar mulheres loucas

Mulher Procura Homem Anuncios Gratis Encontros. Os cookies ajudam-nos a fornecer, proteger e melhorar os serviços. Ao continuar a usar o nosso site, você concorda com a nossa Política de Cookies . Ola meu nome é raquel tenho 37 anos sou morena parda 1.68 de altura e gordinha estou a procura de alguém pra namorar sério quero homen Solteiro e sem filhos e sem vícios meu número é 9974:99866. Mulher procura Homem . Vila Velha ES Ao namorar mulheres brasileiras, é conveniente usar o sistema de mensagens embutido no site. Envie algumas mensagens antes compartilhar a história de sua vida e detalhes com ela. Mantenha a sua privacidade a salvo até conhecer a pessoa do outro lado. Você pode encontrar mulheres com outra intenção que não a amizade, mas a maioria dos ... Interpretação controversa da lei islâmica estabelece que mulheres abandonadas pelo marido precisam de novo e consumado casamento antes de reatar. Ia deletar a Andressa, Deus me livre. Num gesto magnânimo, eu o impedi. Pedi calma – e continuei minha pregação: mulheres loucas são, também, importantíssimas para a formação amorosa do sujeito. Todo mundo tem que namorar uma desequilibrada; as coisas que ela faz pautam a gente para todos os romances que aparecerão em seguida. Fátima Bernardes está muito mais radiante desde que assumiu o namoro com o político pernambucano Túlio Gadelha, de 30 anos, em novembro do ano passado. Os 25... No dias de hoje, as mulheres solteiras procuram combinar da melhor forma possível a sua vida pessoal com a profissional, isto porque a sociedade actual implica uma gestão de tempo extremamente eficaz, para que estas mulheres dividam o seu tempo entre estudos, trabalho, viagens, amigos, família e na esperança de encontrar a sua cara metade.. Porém, muitas destas mulheres solteiras procuram ... A variedade de mulheres é impressionante: bonitas, sexys, safadinhas, sedentas e todas procurando um homem jovem para realizarem as suas mais loucas fantasias. Para elas o site de relacionamento é inteiramente grátis, o que aumenta e muito quantidade de mulheres disponíveis. 6 mulheres falam sobre como é namorar homens bem mais velhos ... Ele era manipulador e mentia sobre as coisas mais loucas para que eu fizesse o que ele queria. ... comecei a namorar homens mais ... 14 coisas que mulheres 'loucas' querem te dizer 'Minha ex é louc...' APENAS PARE. by Susana Cristalli. Equipe BuzzFeed, Brasil ... 15 verdades sobre mulheres que não estão a fim de namorar.

Minha primeira vez foi em um menage e isso me atormenta

2020.08.12 23:57 FoffieBunny Minha primeira vez foi em um menage e isso me atormenta

Ola amiguinhos, venho trazer um desabafo de algo que aconteceu na minha vida que muitas vezes me atormenta.

Sou mulher, tinha 16 anos e naquela época já me considerava bissexual, porem nunca tinha feito nada alem de trocar uns beijinhos.
Conheci uma garota, 2 anos mais velha do que eu, que fazia cursinho na mesma escola onde cursava meu ensino médio, ela era bem extrovertida e tinha um estilo alternativo que me chamou a atenção logo de cara. Eu sou bem tímida, mas acabamos ficando amigas e ela sempre ficava dando umas indiretinhas, ate que a gente ficou um dia e ela insistiu de assumirmos um namoro, eu me senti rendida e não soube dizer não, por mais que tivesse sido legal o momento e gostava bastante dela, não era esse tipo de relacionamento que gostaria, mas acabei aceitando com medo de perder a amizade. Ficamos nesse "namorinho" escondido por uns dois meses e a cada dia eu ficava mais desinteressada. Inclusive era evidente pra ela que eu já não tava mais curtindo

Minha ex namorada tinha um amigo que também era do cursinho, ele era praticamente o oposto dela, um pouco introvertido e não era louco da cabeça. Eu gostava muito da companhia dele e o principal motivo da gente sair, na maioria das vezes, é porque sabia que ele estaria também. Não preciso dizer que eu acabei gostando dele e fiquei deixando minha amiga/namorada de lado, o que acabou deixando ela furiosa e terminando nossa relação.

No outro dia já estava marcando com o garoto de sair só nos dois, o que pra minha surpresa, ele aceitou. Saímos e ficamos, por quase duas semanas, eu estava louca pra namorar, estava tão apaixonada que so compartilhava casalzinho no meu tumblr.

Minha ex descobriu que estávamos saindo e foi tirar satisfação comigo, na hora pensei que iria falar poucas e boas, já que os dois eram tipo melhores amigos, mas ela disse que sabia desde o começo que eu gostava dele e que isso não era problema, que poderíamos continuar ficando e ter o nosso namoro. Como já havia dito, eu não tinha muito coragem pra tomar decisão e ela era uma amizade que realmente importava muito pra mim, então acabei aceitando novamente.

Um belo dia, quando nos 3 resolvemos matar as aulas da tarde, fomos pra casa da minha ex porque os pais dela não estavam lá esse horário. Ficamos conversando e vendo filme, ate que os dois pegam uns trocadinhos e vão no supermercado comprar uma garrafa de catuaba, eu apoiei a ideia, já tinha tomado vinho e gostei. Começamos a beber e ficar mais soltinhos, eu e minha ex começamos a nos pegar de um jeito mais envolvente e mesmo sabendo que o garoto estava ali eu estava super a vontade. Não demorou muito pra ele vim me beijar também e como nesse momento eu e minha ex ja estávamos quase peladas, fiquei sem um pouco sem reação porque era minha primeira vez. Mas pra minha surpresa, no meio dessa pegação, minha ex começou a beijar ele e fazer as preliminares. Ela era mais experiente, então nesse momento fiquei de lado vendo os dois, pensei que iria sentir ciumes mas eu realmente gostava dos dois e toda essa situação tinha me deixado com muito tesão, talvez fosse a catuaba kkk

Eles viram que eu tinha ficava meio parada e perguntaram se tava tudo bem, disse que ainda era virgem e eles ficaram me dando toda atenção. Enfim, acabou acontecendo e pra minha primeira vez achei uma boa experiencia comparada com outras historias que já ouvi de algumas amigas. Mas sempre que eu conto a circunstancia que perdi minha virgindade todos ficam horrorizados, ja inclusive tive um termino de relacionamento quando meu ex descobriu isso. Ainda exigiu que so não iriamos terminar se fizesse um menage com ele tambem.

Foi minha unica experiencia com menage e foi algo natural, mas todos que escutam (não so por mim) tem uma visão de como se eu fosse uma vagabunda.
submitted by FoffieBunny to sexualidade [link] [comments]


2020.08.12 18:13 psicopatola Room mate e namorado sem noção

Oi gente. Tenho 25 anos e estou morando com uma menina que conheci através de amigos desde janeiro. Vamos chamá-lo Bruna. No começo eu e Bruna nos dávamos super bem, conviviamos super bem, não tinha porque discutir. Em fevereiro finalmente consegui me livrar de um relacionamento em que eu sempre fui muito trouxa, muito mesmo. Desde então eu estou numa fase de viver minhas coisas, trabalhar, ver o que eu gosto e o que não gosto e a Bruna tem sido super parceira nesse sentido. O problema é que Bruna namora o Neymar. Esse relacionamento dos dois acontece há quase três anos, de uma forma um pouco bizarra. Bruna sempre quis namorar Neymar, mas ele parece que nunca quis muito, então eles começaram a ficar e um dia ela avisou que eles estão namorando. Nesse tempo de relacionamento, ela não conheceu ninguém da família dele, não sabe nem o nome de nenhum parente dele, não conhece nenhum amigo, nada. Ela nunca foi na casa dele. Descobriu onde ele mora porque um dia em uma conversa ele deixou escapar algo que dava pra entender onde era a casa dele. Então ela jogou esse endereço no Google e viu a casa dele pela vista do Google maps. Ele já foi casado com uma mulher e tem uma filha de 5 anos. Direto Bruna descobre que menino Ney viajou com a ex esposa e a filha pra um casamento da família da ex esposa. Ele não conta nada disso pra ela e ela não se sente autorizada a perguntar, pois tem medo de perder ele. Onde eu entro nisso tudo? Agora na pandemia, ele tem vindo aqui em casa uma vez por semana porque ele trabalha aqui perto. Ele fica tipo uma ou duas horas, entao ele diz que não compensa tomar banho e nem troca de roupa. Fico igual louca passando álcool nos lugares em que ele encostou. Me incomoda demais ver ele vindo aqui em casa, sendo mega irresponsável, colocando Bruna e euzinha em risco. E além disso, como comentei ali em cima, sai de um relacionamento em que eu era mega trouxa tem muito pouco tempo. Ver alguém sendo trouxa desse jeito, tão perto assim, me lembra coisas muito ruins que já vivi. Não adianta conversar com ela. Ela vai "lutar pelo relacionamento". O que eu faço? Já tô ficando num ranço absurdo de Bruna e menino Ney
submitted by psicopatola to desabafos [link] [comments]


2020.07.01 07:00 keeponwalk1ng Só mais um desabafo sobre solidão

Eu só queria começar dizendo que não quero biscoito, eu só quero desabafar mesmo, porque está muito, muito, muito, muito foda. Tenho 25 anos e aos 20, fui visitar uma igreja e deu vontade de entrar, então larguei as amizades (não foi consciente, só aconteceu com o tempo) e fui pra igreja. Criei novas amizades na igreja e fui feliz pra caralho. 6 meses depois comecei a namorar, e foi quando começou a dar merda. Eu era (e sou) bem carente de carinho, e essa menina além de ser mais bonita do que qualquer pessoa que já tinha ficado, ela era extremamente carinhosa também. Grudenta mesmo, mas por ser carente, eu gostava. O negócio é que eu parei de viver por causa dela. Larguei os amigos da igreja também, porque ela me bastava. Foquei totalmente em estudar e trabalhar pra construir nossa casa e vivermos bem. Minha vida virou trabalhaestudar durante a semana, e sábado e domingo passar o dia inteiro com ela. Se você levar em conta que eu perdi meu emprego, estudava sozinho em casa, e saí da igreja, você vai perceber que minha vida era livros (de estudo) e ela. E eu não percebi. Só notei quando há 4 meses ela terminou comigo absolutamente do nada. Passamos o dia juntos, como sempre, tudo normal, a gente nem brigava. Nesse dia, por acaso, brigamos e acabou. 5 anos de namoro. Estava tudo certo pra noivarmos em Junho (no aniversário de 5 anos) e casarmos em Dezembro. A desculpa de término dela foi o clássico "não é você, sou eu". Disse que eu sou perfeito pra ela, que não tem a ver com eu estar desempregado (eu levantei a hipótese), nem com meu jeito, disse que nunca sentiu falta de NADA no nosso relacionamento, mas que relacionamentos são complicados e que ela não queria mais, e é isso. Abriu mão de uma vida comigo porque relacionamentos são complicados. A mãe dela passou uma semana me ligando porque dizia que ela só chorava o tempo todo. Eu fui ver ela, e falei que se ela precisava de um tempo, eu dava. Ela disse que não queria me "segurar", que sentia minha falta o tempo inteiro, mas que não queria voltar. É inexplicável. Eu pensei que ela só queria ficar com outras pessoas, mas se passaram 4 meses e ela não ficou com ninguém (eu ficaria sabendo pela irmã dela, não vou explicar porque não é importante, só é garantido que a irmã saberia e me contaria, confia). Ela inclusive apagou o Whatsapp dela só pra se afastar de grupos da igreja (eu saí, mas ela nunca saiu e isso não era problema, também levantei essa hipótese no término). A questão é que eu tenho 25 anos e tenho LITERALMENTE NADA. Eu até consegui marcar de sair com dois amigos de antigamente. Apresentei os dois no sábado, e nesse exato momento eles estão juntos bebendo sem mim. Nem se conheciam há 4 dias, e agora estão juntos e nem pensaram em me chamar. E eu não tenho mais ninguém. Os poucos matchs que consegui no Tinder não deram em nada, só tem gente louca lá, e mesmo removendo qualquer filtro, só querendo conhecer alguém, só consegui uma boa conversa que não deu em nada. Estou me sentindo pior que lixo, me perguntando o que eu tenho pra ninguém gostar de mim. Eu sou divertido, rio, brinco muito, bebo, danço, não desabafo assim com ninguém. Não reclamo de nada. Não vejo porque não consigo ter nem uma pessoa comigo. Eu tenho sonhos profissionais, mas zero energia pra persegui-los, e zero motivos também, porque não tenho nada. Não consigo me divertir vendo filmes, séries ou jogando, porque me sinto um solitário fracassado e odeio não ter ninguém pra conversar sobre nada. Nunca. O peso de não ter emprego está maior que nunca (entrego currículo há 3 anos, não vai ser na pandemia que vou achar). Penso que nunca vou ficar com nenhuma mulher tão bonita quanto minha ex, e julgando pelos matchs do Tinder, não vou mesmo. Não estou nem perto. Mas mesmo quando paro de olhar pra isso, as garotas nem me respondem. Meus amigos de antigamente estão todos casados e não vão sair comigo (chamei 1000x), fora esses 2 que falei, que acho que ficou claro que não gostam de mim. Eu não quero mais chamar eles porque não quero parecer mais carente que já sou, não quero que me chamem por pena, isso é foda! Se eles me quisesse perto, chamariam. Não chamaram porque não quiseram. Só que não tenho como conhecer mais ninguém. Estou tão triste que nem fome ou sono eu sinto, só choro o dia e noite toda. Apesar disso não estou com depressão. Eu sinto disposição e vontade de levantar, fazer as coisas, só não tenho o que ou com quem fazer. Simplesmente não tenho mais motivo pra fazer nada na minha vida, não tenho nada, não sou nada, e é isso.
submitted by keeponwalk1ng to desabafos [link] [comments]


2020.07.01 05:11 Oshi_neah Fui babaca por tentar dar uma lição de moral no meu ex? (MINHA PRIMEIRA VEZ AQUI, UHUUUL)

Olá Lubinha, esforçados editores, Espírito Santo já que o possível convidado nunca está conosco, lindas gatas, finados papelotes e turma que está a ler.
Essa história tem quase 1 ano e basicamente ela é sobre o término do meu webnamoro. Se preparem, talvez vai ser longa. Pode me chamar de Carls, Luba. Eu ficaria feliz kkkjj (manda um beijo pro Espírito Santo-ES se ler essa história por favor menorquetreix ❤
Bah ahã, eu namorei um boy virtualmente por 1a e 10 meses (vou chamar ele de Zarls pra ficar legalzinho) e terminei por que o namoro já tinha ficado cansativo, eu não estava mais gostando dele e ele não parecia estar mais interessado em mim, tivemos muitas brigas durante o relacionamento principalmente por causa de ciúmes de ambas as partes (namorar a distância é muito pior em relação a ciúmes, e eu achava um saco ter que lidar com isso) e ele estava há um tempo falando bastante de uma outra garota que ele tinha conhecido na escola e eu desconfiava que ele estava me traindo com ela (PS: fiquei sabendo que o Zarls ficou com essa garota assim que eu terminei com ele, pois é) ele dava muitas desculpas pra não ficar mais comigo, não gostava de jogar comigo e nem dava sugestões de novas coisas que pudéssemos fazer juntos, mesmo distantes, não se esforçava pra gostar de nenhuma das coisas que eu gostava apesar de eu começar a gostar de muitas coisas por causa dele e pra ter assunto pra falar com ele, além de que em tudo o que a gente discutia, ele sempre tentava se sair por cima querendo ser melhor doq eu em tudo e isso me deixa extremamente irritada.
Bom, depois do nosso término nós acabamos não rompendo 100% do nosso contato pq nós estávamos no mesmo grupo de amigos do Facebook e eu não queria me desfazer de todos eles por causa de um namoro rompido, e sempre que eu ia dizer alguma coisa ele tentava me mandar uma indireta dizendo algo relacionado a mim que ele não gostava quando estávamos juntos, quando eu desabafava por estar triste ele se metia dizendo coisas como o típico Nice People "Ain, está com depressão? Apenas fique feliz! Apenas supere!" (tive depressão antes de estar com Zarls e depois ainda tive depressão por bastante tempo e ele sabia disso e me ajudou bastante algumas vezes, isso ainda vai ser relevante), fiquei muito nervosa com essas coisas e dei uns cortes nele até que ele me bloqueou e saiu do tal grupo que tínhamos com esses amigos, nesse meio tempo eu acabei reclamando muito dele com esses amigos, disse que ele tinha sido hipócrita comigo e que eu não aguentava mais lembrar dele, até que cheguei em um pico de raiva e disse que na verdade, preferia que ele estivesse morto (sei que fui muito cruel dizendo isso, mas não acabou por aqui) Algum tempo depois, uma página de LoL (nos jogavamos muito LoL juntos) anunciou que criaria vários grupos separados no Whatsapp para os fãs da pagina (se não me engano eram 5 grupos) e eu fiquei super animada em participar pq gosto de conversar com pessoas diferentes sobre coisas que eu gosto muito. Lembrando que tinham 5 grupos nessa página, e existiam mais 4 opções além da minha pra ele entrar e ficar lá com diferentes tipos de pessoas, mas adivinha em qual grupo ele entrou?
Exatamente
NO MESMO QUE EU!!
Eu reconheci ele pelo número de telefone dele (detalhe: dois anos de namoro e ele não tinha decorado meu número KKKKKKKKKKKK)
Ele não sabia que eu tava no mesmo grupo que ele, pq como eu disse ele não tinha gravado o meu número no celular dele, porém assim que eu percebi que ele estava no mesmo grupo que eu, eu quis sair de lá, porém eu percebi que no meio das mensagens que ele mandou, ele estava reclamando de uma ex, e até aquele momento a única ex que eu sabia que ele tinha era eu, e quando fui ler ele realmente estava reclamando de mim, e além de estar reclamando ele estava MENTINDO SOBRE MIM E ME FAZENDO PARECER A EX LOUCA E SURTADA QUE ABUSOU DO INCRÍVEL PSICOLÓGICO DE MERDA DELE. Eu fiquei enojada e não acreditei que ele tava falando coisas tão ruins do nosso relacionamento, eu me desdobrei tempo inumeras vezes pra tentar fazer ele feliz e se sentir melhor mesmo que meu emocional estivesse pior ainda, já que na época eu tive depressão e até mesmo me automultilava pra tentar resistir a dor que eu sentia) No meio das conversas ele disse que eu era IDIOTA E TROUXA por ter comprado 2 skins no LoL de presente pra ele, o que custou uns 60 reais do meu bolso e ficou se exibindo por ter ganhado de mim skins bonitas e de patente alta no jogo (ele nunca me deu um único presente em dinheiro, nunca comprou nada pra mim e eu nunca cobrei isso dele pq dizia que o importante não eram presentes caros e sim oq ele sentia por mim, oq pelo que eu vi era um sentimento falso). Nesse momento, eu fingi que não era a ex dele e que só era uma pessoa ali no meio e entrei no meio da conversa, tentando ao máximo não atacar ele pq eu já tava PUTA de raiva, mas sabia que atacar e xingar ele não resolveria nada, então só disse que não achava saudável as pessoas atacarem outras e chamarem elas daquela forma, principalmente se essa pessoa era uma ex e tinha feito parte da vida dele, que ele deveria ter um pouco de respeito pelo que a pessoa tinha representado pra ele. Pois bem, o Zarls TIROU ONDA doq eu disse e afirmou que a ex dele era só uma louca que sentia ciúmes sem motivo dele com a amiga lésbica dele (eu realmente senti ciúmes dele com a melhor amiga dele, apesar de ela ser lésbica, mas não era pq eu achava que ele ia me trair com ela, e sim pq quando ele estava com ela, ele não me dava atenção NENHUMA, NEM UM PINGO, ZERO, UM VÁCUO DE ATENÇÃO, e isso não aconteceu uma ou duas vezes, acontecia direto, eu reclamava com ele, ele dizia que ia mudar mas nunca mudava) aí eu tinha ficado nervosa, perguntei se "a ex" dele tinha algum problema psicológico pra sentir ciúmes compulsivos dele (pq foi oq ele disse que eu sentia, aiai) aí ele só disse que ela só tinha depressão (pelo menos uma verdade), e eu falei me vitimizando um pouco, isso eu confesso, que talvez ele não tinha tratado ela como deveria, já que ela tinha depressão os sentimentos dela nunca seriam 100% normais pq existia muita insegurança e coisas do tipo, e disse que se ele tivesse oportunidade de conversar com "ela", seria bom que ele pedisse desculpas pra ela, pq se "eles" tinham terminado, claramente a culpa não era só dela, e sim dele também (não tiro de mim a culpa pelo meu relacionamento ter dado errado, sei que cometi erros também, mas eu sempre me esforçava pra mudar eles, coisa que eu nunca vi ele fazendo) e mandei ele ter mais respeito pelas pessoas e parar de falar mal de ex'es dele na internet no meio de um monte de desconhecidos que provavelmente nem conheciam ela, pq isso era falta de respeito e que o relacionamento era uma coisa que ele tinha que resolver pessoalmente com ela, e não ficar explanando a vida dela pra gente desconhecida. Pois bem, uns 10 minutos depois disso aparece mensagem dele no meu Whatsapp, mensagem privada mesmo, dele me mandando parar de fazer drama no grupo, sendo que era ele quem estava lá me apresentando como uma louca e ele como o santo que não fez nada de errado, mentiroso do krl. Perguntei como que ele tinha conseguido meu número e ele disse que tinha pegado o número sabe com quem? Com aquela melhor amiga lésbica dele (vou chamar de Karen, que se dizia minha amiga também e eu tinha desabafado com ela dias antes disso e ela parecia me apoiar e não a ele que tinha literalmente ME TRAÍDO), nessa hora fiquei puta com os dois, com ele por ter mentido muito sobre mim e com ela por ter dado o meu número pessoal pra uma pessoa que eu claramente não queria que tivesse o meu número sem nem me perguntar antes. Quando ele me reconheceu e mandou mensagem no privado, eu disse pra ele pra parar de ser infantil, que essa atitude dele não se fazia ainda mais com uma pessoa que tinha perdido 2 anos da vida dela por causa dele e que ele sabia muito bem que tinha depressão e que poderia muito bem se matar depois de um absurdo desses que ele tinha feito simplesmente pra parecer o "bonzão", falei que fui muito trouxa de ter acreditado que um dia ele gostou de mim, falei que ele era um fingido desgraçado e que não merecia nem um único segundo que eu gastei com ele e nem um único centavo que eu tinha gastado com presentes pra ele, falei que esperava algo mais decente vindo dele e que depois de não ter nem tido a iniciativa de me pedir em namoro por si próprio (ele me pediu em namoro pq uma amiga aconselhou ele a fazer isso), esperava que pelo menos no término ele agisse como homem e não como uma criança que só queria atenção. Falei que ele não merecia a mulher que eu tinha sido pra ele, e que como ele era um mentiroso crianção de MERDA e não respeitava nada doq eu fui pra ele, na verdade ele não merecia mulher nenhuma. Bloqueei ele depois de ele pedir desculpas da forma mais genérica possível e disse que antes de fuder o psicológico de outra garota, ele precisava primeiro crescer e tentar ser uma pessoa melhor. Fui conversar com essa amiga dele que deu meu número pra ele e ela confirmou que fez, mas ficou se fazendo de vítima e depois me bloqueou também, acho que tinha me livrado de uma boa, pq se ela tinha me metido a facada nas costas uma vez, ela poderia fazer de novo futuramente. Não acho que ela tenha se arrependido, mas enfim, foi isso que aconteceu. Depois de um tempo me arrependi um pouco de ter fingido ser outra pessoa pra fazer essas coisas com ele, mas não sei julgar se foi injusto, por isso deixo o julgamento com vocês. Eu fui babaca ou não fui?
PS: Na época eu tirei prints das conversas no Whatsapp, mas eu troquei de celular e não consegui salvar as fotos, e tbm não achei elas no meu Google Fotos pra confirmar, mas vou continuar procurando. Se eu achar tento colocar aqui no post ok? Beijos lindos menorquetreiss
submitted by Oshi_neah to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.07 04:22 helinnda Sou babaca por não querer fazer parte de um trizal?

Aholaaa Turma, Lubisco, editores, pspspsps (vi em outro vídeo e quis fazer igual ksjdkdkksj) Hoje eu vim contar uma história que aconteceu a mais ou menos três anos atrás. Já avisando que é meio longa mas vou tentar resumir kkkkkkk
-No começo de 2017 conheci uma menina, que vou chamar de Carls, através de um amigo bem próximo meu (vou chamar ele de James). No mesmo dia que ele passou meu numero pra ela, a gente já se viu e ficamos mesmo sem eu tá muitoooo afim. E foi muito bom, e aproveitamos bastante. Marcamos de nos ver no dia seguinte.
Chega o dia seguinte, nos encontramos e ela mal falou comigo! Compramos umas bebidas, ela bebeu, e já reparei que ela mudava muito quando tava bêbada. Nesse mesmo dia fiz a burrada de levar ela na minha casa. Ela veio com uns papos de namorar comigo, e chegou até a pedir pra minha mãe deixar eu namorar com ela ????? já fiquei meio puta, e nesse dia mesmo já decidi que não queria ficar com ela. Fui meio babaca e comecei q ser ignorar ela. Não respondia as mensagens e nem atendia quando ela me ligava, e literalmente atravessa a rua quando via ela, sou meio sem noção, então quando to com raiva, ou quando algo tá me incomodando eu evito falar com a pessoa pra evitar falar algo que vai acabar magoando ela. Depois de uns dias, conversei com ela e disse que não queria nada sério e que as expectativas dela estavam um pouco distantes das minhas.
Passaram uns 6 meses, e conheci uma menina em outro rolê, que vou chamar ela de Fars. Eu e Cars começamos a nos falar uma semana depois que nos conhecemos pessoalmente, e acabamos ficando muito próximas de cara. Depois de uma semana conversando com ela, meu amigo James (do começo da história) veio na minha casa, e mostrei a Fars pra ele, e na hora ele já falou “não acredito!” E depois disse que a Fars e Carls já foram namoradas, e que a Fars era bem abusiva com a Carls, que chegava até a bater na Carls por ciúmes e afins. E como sou um poço de inteligência, pensei “hmmm ela é um amor comigo, não vou parar de ficar com ela”
Daí entrei no dilema de se devia ou não contar pra ela que eu já tinha ficado com a ex dela. Ai tive a brilhante ideia: vou ficar com ela a primeira vez, e depois conto, por que ai ela vai tá mais apegada em mim e não vai querer parar de ficar comigo. E foi exatamente o que fiz. Ela surtou comigo, ficamos uns dias sem conversar, e depois voltamos a ficar como se nada tivesse acontecido. Eu tava gostando dela, e ela tava demonstrando gostar de mim também.
Quando tinha 1 mês que a gente tava ficando, comecei a reparar que algumas coisas no jeito dela me incomodavam. Ela vivia falando que respeita demais as mulheres, e que odeia homens que desrespeitam mulheres, se ela se sentisse ameaçada por alguma pessoa suspeita na rua, ela me fazia correr pra um lugar “seguro”. Comecei a achar ela muito forçada.
Quando estávamos fazendo dois meses juntas, fomos em um show que rolou aqui na minha cidade, e ela conheceu minha mãe e minhas amigas. E depois do show saímos juntos com outro grupo de amigos meus. E aí a Fars agiu comigo de um jeito que eu não suportava. Quando eu tava conversando com meus amigos, ela me puxava de perto, ou só vinha e me beijava e me abraçava no meio do que eu tava falando, e isso me tirou do sério! Como já tava incomodada, nesse mesmo dia percebi que não queria levar aquilo pra frente. E mais uma vez fui me afastando, até a gente não se falar mais. Depois de um tempo que paramos de nos falar, a Fars me mandou um monte de mensagens falando “ah mas você foi babaca de ter ficado com a Carls e não ter me contado, a Carls é uma vadia e não quero mais nem ouvir o nome dela, falou que eu brinquei com os sentimentos dela (o que não é 100% mentira)” e nesse mesmo dia ela disse que queria me encontrar pra conversar pessoalmente. Marquei pra uns 5 dias depois. Combinei de encontrar com ela em uma praça aqui perto de casa. Quando chegou a hora eu fui, me e quando eu tava chegando perto do lugar, eu vi que ela não tava sozinha. Cheguei mais perto e vi que era a Fars e Carls juntas! A primeira coisa que eu pensei foi “putz to ferrada! Vou apanhar!” Pensei em voltar mas não quis parecer arregona. Cheguei lá, a Fars começou a me pedir desculpas por tudo que ela tinha dito, e que tava arrependida, que gostava bastante de mim e que não não queria que acabasse assim . Daí eu falei “aham, mas o que q a Carls tá fazendo aqui?” Daí a Carls veio com o mesmo papo, de que nunca tinha conseguido me superar de verdade, e que na época ela ainda gostava da Fars, mas que ficou mexida por minha causa. E eu já tava sem entender nada, papo mais sem pé nem cabeça! E eu tentando entender onde elas queriam chegar, perguntei o que elas tavam querendo comigo. Daí a Fars disse “olha, eu gosto da Carls, a Carls gosta de você, e eu também gosto de você, e também sei que no fundo você tem sentimos por mim...” E falou também que as duas tinham voltado a se falar depois que a Carls viu comentários da Fars nas minhas fotos e acabaram querendo voltar, e aí veio a frase: “e a gente viu que como a gente se gostava, e também gostava de você, a gente queria saber se você queria namorar com a gente” e eu fiquei tipo ??????????? E pensei “elas tão tirando onda com a minha cara!” Daí eu perguntei “com a gente quem? Com as duas” e elas falaram que sim djdkdkd elas me chamaram pra ser um trizal com elas kkkkkkkk daí eu, obviamente, neguei e falei “olha Farls, você é surtada, super controladora, não deixa eu nem conversar com meus amigos, e fora que eu sei do seu histórico com a Carls. E Carls você é meio louca também. Me pediu em namoro um dia depois que te conheci. Então não tem porque de eu querer ficar com vocês, porque isso de trizal é bem estranho. Discutimos por mais um tempo, e depois fui pra casa. Não falei mais com elas, mas elas hoje, namoram com outra menina, acabaram sendo um trizal de todo jeito kkkkkkk não tenho mais nenhum tipo de contato com elas, e nem quero!
Então é isso Luba! Beijos e abraços jdkdkdkd
submitted by helinnda to TurmaFeira [link] [comments]


2020.03.28 06:39 thesoura1 Machuquei todos que tentaram se aproximar de mim.

Hoje aconteceu o maior plot twist da minha vida. Sempre fui um cara muito sozinho, até mesmo na parte familiar e sempre achei que fosse uma característica minha.
Também sempre me perguntei por qual motivo nunca me dei bem com mulheres e por que nunca consegui namorar. Com isso na cabeça eu comecei a reler algumas conversas antigas do meu WhatsApp.
Uma me chamou muita atenção, que foi com uma menina que eu tinha me encontrado algumas vezes. Comecei a lembrar todos os encontros que tive com essa menina, e principalmente quando ela tinha falando que queria me pedir em namoro, mas de brincadeirinha (palavras dela). E lendo a conversa com messa mesma menina eu percebi que nas minhas ultimas mensagens eu debochei dela inúmeras vezes, chamei ela de louca incontáveis vezes e também disse que só estava interessado nela pelo sexo.
De todas as coisas que ela disse, uma me deixou indagado. Foi a seguinte frase:
- Ve se não chora, tá
Só depois de meses percebi o quão mal eu fiz pra ela. Que a causa das lagrimas dela era eu.
Vocês não tem noção o quanto isso me impactou. Magicamente foram se passando todas as vezes em que eu machuquei as pessoas: foi um turbilhão de recordações negativas.
É como se durante toda minha vida eu tivesse machucado as pessoas com uma "faca", e no final, acabei me ferindo com ela. Colhi o que plantei. Toda essa solidão que eu vivo é culpa minha.
Eu ainda estou sem reação, pois foi uma descoberta que me chocou, algo que eu nunca tinha reparado.
Agora em prantos eu sangro deitado no chão, lamentando tudo o que eu fiz.
submitted by thesoura1 to desabafos [link] [comments]


2020.03.04 23:18 chupameupaumizera Quero confiar mais na minha namorada

Eu era uma popular aq na capital, tinha fama de pegador e tals, ent tinha uma menina q é a minha namorada hj q era louca por mim e eu n dava bola pra ela, so pegava ela e pronto, ate q meu amigo começou a namorar com a amiga dela e eu comecei a namorar com ela e foi essencial pra eu sair das drogas tbm, ela me acolheu bastante e me ajudou mas enfim, Ja estamos namorando a mais de 1 ano e estamos indo bem só que o problema sou eu com meus ciúmes por causa do que ocorreu no passado. No começo do nosso namoro (primeiros 5 meses) eram perfeitos, um confiava no outro. Só que em uma cana que ocorreu com as amigas dela na sua casa (eu estava la tbm), ela ficou bastante acoolizada e uma amiga dela acabou partindo pra cima dela e beijando-a sendo que ocorreu um beijo super rapido de 5 segundos (pelo oq a amiga dela falou pra mim) e no outro dia ela me contou isso no meu carro, falando que se arrepende e por respeito a mim ela não escondeu e falou. E pelo fato ocorrido nos primeiros 2 meses de namoro q eu fui pra uma festa com um brother de madrugada, cheio de mulher, sem dizer nada a ela e ela descobriu tudo, acabei perdoando-a. Até aí blz, mas dps perdi mt a confiança nela, depois de uns meses ela começou a sair com as amigas sem me avisar, ate q um dia ela me contou q saiu pra fumar maconha com uma amiga dela(sabendo q eu ja fui um drogado e tenho trauma de tudo oq ocorreu na minha vida e contei tudo isso pra ela e pedi pra ela parar de usar tbm e ela concordou) e nesse dia nós terminamos. Mas no outro dia quando eu estava com outra mulher, ela me liga dizendo q quer me ver e conversar cmg, aí fui fraco e fui la conversar e nós voltamos. Mas depois ela começou a sair dnv com as amigas sem me avisar e eu fiquei puto e ainda mais sem confiança, até q um dia eu vi ela conversando com um garoto no insta dizendo do fato ocorrido com a menina la q ela beijou e ela me chamou de trouxa na conversa por perdoar ela, e pelo oq ela me contou q era pra se defender pq o garoto tava chamando ela de trouxa pq eu prendia ela, mas acabei ficando puto e botei ordem e fiquei 1 semana sem falar com ela e ela n parava de correr atras de mim e chorando pra kralho, ate q dei uma chance a ela de me ver no ano novo, ela falou q se arrependia de tudo oq fez e q a pessoa q mais se preocupava com ela era eu, por isso vai se dedicar mais a mim e não as amigas. E desde esse dia até hj, nós não brigamos mais e estamos super bem, mas tem um porém, eu ainda continuo não tendo confiança nela por causa do nosso passado. Eu me cuido bastante, faço academia, dieta, tenho empresa, só n tenho muito amigos como antigamente por causa do namoro e pq a maioria era amigos de drogas e perdi um pouco da minha autoestima pq n pego muitas meninas pq namoro. Vcs podem me dar um conselho no que eu posso fazer? Devo dar mais liberdade a ela mas um pouco na defensiva em relação a festa e tals com as amigas? OBS: conversei com ela hj sobre isso e ela falou q ficou meio triste pq ta se esforçando pra eu confiar nela e eu chego com esse papo mas falei q deixarei o passado de lado. Desculpa pelo texto grande☺️
submitted by chupameupaumizera to desabafos [link] [comments]


2018.01.13 16:28 hhh2349 Ela é supostamente tudo aquilo o que eu procuro numa mulher mas não me dá tesão :/

Bonita, inteligente, gostosa, não parece ser do tipo de mulher que vai trair, adoro conversar com ela, gosta de viajar e conhecer lugares novos como eu, e fico com aquele sorriso babaca de apaixonado sempre quando falamos... e em termos visuais ela é tudo o que eu gosto numa mulher: Novinha, baixinha, corpo perfeito, e sim... vou parecer superficial mas ela era virgem até me conhecer.
O problema é que ela não me dá aquele tesão louco.
Até pouco tempo eu estive com uma gordinha que nem tinha conversas muito interessantes, passava o dia jogando, não fazia nada na vida, não era burra mas também não tinha conversas intelectuais e eu às vezes até ficava aborrecido com ela e tenho quase a certeza que se namorasse com ela ia ser cornudo mas porra, quando era para fuder era uma coisa doida e bastava ela chegar perto de mim que eu já ficava com o pau duro e eramos capazes de passar o dia inteiro comendo, bebendo e fudendo. Ela adorava anal, porrada, chupava, se vestia como eu mandava, compravamos todo o tipo de brinquedos sexuais, era submissa, me chamava de paizinho, gostava de ser estuprada, eu gozava na cara dela, era bissexual e tentavamos sempre arranjar outra mulher para se juntar a festa, cheguei até a mijar para a cara dela... era uma coisa muito louca.
Agora essa garota com quem eu tou agora é material para casamento mas ela não chupa, não dá o cu, não vê pornô, achou nojento quando gozei para a barriga dela e quando mencionei a coisa do paizinho ela disse "porra, já perdi o tesão todo". O sexo com ela foi bom mas não é aquele tesão maluco.
Eu acho que ela ta gostando de mim e eu tou gostando dela mas é mais aquele tesão intelectual do que sexual e eu tenho uma máxima que namoro sem tesão não é namoro, é amizade. Porra queria namorar com ela mas sem muito tesão é uma merda :/
submitted by hhh2349 to desabafos [link] [comments]


2017.08.09 14:53 piolhofedido Minha mãe morreu e me sinto aliviado

Por favor, Não me interpretem mal.
Minha mãe tinha transtornos mentais graves, mas nunca buscou tratamento. Por boa parte da minha vida adulta, tentei convencê-la (e também a meu pai) sobre o fato de ela precisar de tratamento, mas sempre acabava rechaçado devido ao preconceito.
Se me perguntarem sobre de quais transtornos minha mãe exatamente sofria, serei incapaz de responder, uma vez que ela nunca se tratou. Sei apenas que ela era tremendamente depressiva, paranoica e, por vezes, "via" coisas (esquizofrenia? talvez). Ela provavelmente tinha TOC, pois manifestava diversos "rituais" repetitivos para fazer coisas simples (como trancar e destrancar as portas da casa repetidamente para ter certeza de ter deixado tudo bem fechado).
Para não dizer que a danada não se tratava, ela ia ao neurologista, e este profissional dava a ela medicamentos para ansiedade (ela tomava "Frontal"). Ela ia ao neuro, pois dizia que não conseguia dormir... e nunca a um psiquiatra, pois para ela esse havia o estigma do "médico de loucos" (e ela não era "louca").
Sou filho único, e minha família se resumia a eu e meus pais. Os nossos parentes mais próximos vivem a mais de 500 Km, pois meus pais intencionalmente se isolaram do resto da família. Na verdade, eles se isolaram do mundo todo: a casa onde meu pai hoje vive sozinho mais parece uma prisão. Ele chegou ao extremo de, atendendo a pedidos dela, cobrir todo o quintal com tela de "sombrite" para evitar que os vizinhos vissem claramente o que se passava lá dentro. Desnecessário dizer, a casa se tornou um lugar muito sombrio.
Minha infância foi até tranquila, mas minha adolescência foi um verdadeiro inferno. Como minha mãe tinha medo até da própria sombra, minha vida se resumia a ir de casa para escola e da escola para casa. Eu não podia, por exemplo, fazer trabalhos em grupo com meus colegas de escola. Explicando: eu era bolsista em uma escola particular, e meus colegas tinham um nível social bem acima do nosso. Minha mãe tinha verdadeiro pavor de eu ser (acreditem) assassinado por meus amigos. Ela costumava dizer que "esses riquinhos matam os outros e tudo fica por isso mesmo".
Ela assistia a todos os programas policiais possíveis e inimagináveis, daqueles que mostravam "sangue e tripas". Para ela, o mundo fora da nossa casa era um ambiente claramente hostil e perigoso. Ela tentava me convencer a não ter amigos (afinal, para ela, todas as pessoas "de fora" eram muito, muito más).
Certa vez, uma vizinha me viu com mais dois amigos de escola entrando em uma loja para comprar materiais para um trabalho escolar. Inocentemente, a mulher relatou que nós "parecíamos homenzinhos" (eu deveria ter uns 12 anos). Minha mãe sorriu e depois, quando a mulher saiu, fui castigado (não fisicamente, mas psicologicamente).
Ela me torturava psicologicamente. Por muitas vezes gritava comigo, dizendo que deveria ter me abortado, pois tudo na vida dela tinha azedado depois do meu nascimento. Era muito estranho: ela demonstrava amor e preocupação comigo, mas tinha ressentimentos pelo fato de eu existir.
Com toda essa pressão (e com meu pai ignorando sistematicamente a todos os meus apelos por ajuda), fui crescendo e me tornando um cara bastante estranho (pelo menos aos olhos dos outros). Me tornei uma pessoa extremamente tímida e introvertida, e criei meu próprio mundo baseado na leitura (não enlouqueci por causa dos livros e dos gibis).
Agora vem uma parte interessante: como um adolescente como eu poderia ter uma namorada se a mãe simplesmente não me permitia nem manter uma amizade? Fui perder o BV com 19 anos de idade. Comecei a namorar aos 20, e a pobre garota foi por varias vezes tremendamente humilhada por minha mãe até o ponto de não suportar mais ficar comigo. Minha mãe era neta de estrangeiros, e constantemente xingava e fazia comentários depreciativos sobre a pobre guria na língua dos meus bisavós julgando não ser compreendida.
Todas as garotas de quem eu me aproximei tiveram o mesmo azar, isso até eu conhecer minha esposa, nos meus hoje longínquos 26 anos. Minha mãe fez com ela o mesmo que fez com as anteriores, e até pior (chegou ao cumulo de queimar presentes que minha esposa -- então namorada -- me dava).
Além disso, minha esposa tinha uma filha de outro relacionamento, e isso para minha mãe era simplesmente o fim. Disse que eu era um imbecil por estar disposto a criar "filho dos outros". Como é natural, não suportei e saí de casa (confesso que demorei). Fiquei um bom tempo sem nem falar com minha mãe, pois o dialogo era francamente impossível. Voltamos a conviver apenas quando minha filha nasceu, mas logo precisamos nos afastar novamente: entre outras esquisitices, ela insistia que "dar leite do peito fazia mal", pois minha esposa era magra e seu leite deveria ser "uma água". Quando explicamos que o leite materno era essencial para o desenvolvimento, ela simplesmente disse que iria entrar "na justiça" para tomar a guarda da neta.
Além disso, ela fazia muita diferença entre minha filha e minha enteada, e isso para nós era simplesmente insuportável. Minha filha ganhava dois, três presentes de dia das crianças... e minha enteada não ganhava nem um mísero aperto de mão.
Desta forma, vivemos os últimos anos afastados de minha mãe. Minha esposa, por exemplo, não falava com ela desde 2011 (bem entendido, não foi só pela história do leite).
Minha mãe morreu repentinamente há alguns meses. Não fiquei feliz com sua morte, mas de certa forma, me senti aliviado. Percebi, por exemplo, que meu pai está mudando para melhor a cada dia mais. Conviver com uma pessoa como ela era muito difícil para ele também, mesmo considerando que ele tinha uma certa parcela de culpa pelo fato de nunca tê-la arrastado para um tratamento psiquiátrico.
Sinto que a vida de minha mãe foi desperdiçada. Ela poderia ter aproveitado a vida, poderia ter feito amizades, viajado, amado e se divertido... mas a pobre mulher preferiu se fechar, se isolar...
Obrigado por lerem meu desabafo.
EDIT: Complementei alguns pontos da história que ficaram nebulosos, e fiz as correções ortográficas.
TL/DR: minha mãe tinha problemas psiquiátricos não tratados que tornavam a convivência impossível. Ela faleceu há alguns meses, e subitamente nossa vida em família só melhorou.
submitted by piolhofedido to desabafos [link] [comments]


10 DICAS PARA DEIXAR UMA MULHER LOUCA - YouTube Como deixar uma mulher louca na cama dicas Como excitar uma mulher - Faça isso e Deixe ela louca na ... A patroa deixou o marido sozinho com a empregada olha no ... Loucas Pra Casar - Filmes De Completos Dublados 2019 - YouTube VANTAGENS DE NAMORAR UMA MULHER - YouTube 03 TIPOS DE BARBA QUE AS mulheres mais gostam - YouTube Aprenda como deixar uma mulher louca na cama Como Deixar Ela Louca por Você - YouTube Como deixar ELA MALUCA 😻 te querendo cada vez mais! - YouTube

Site de Relacionamento Online - Mulheres Brasileiras ...

  1. 10 DICAS PARA DEIXAR UMA MULHER LOUCA - YouTube
  2. Como deixar uma mulher louca na cama dicas
  3. Como excitar uma mulher - Faça isso e Deixe ela louca na ...
  4. A patroa deixou o marido sozinho com a empregada olha no ...
  5. Loucas Pra Casar - Filmes De Completos Dublados 2019 - YouTube
  6. VANTAGENS DE NAMORAR UMA MULHER - YouTube
  7. 03 TIPOS DE BARBA QUE AS mulheres mais gostam - YouTube
  8. Aprenda como deixar uma mulher louca na cama
  9. Como Deixar Ela Louca por Você - YouTube
  10. Como deixar ELA MALUCA 😻 te querendo cada vez mais! - YouTube

SE INSCREVA NO MEU CANAL Anderson Augusto Moreno Email para contato [email protected] CURSO DE MASSAGEM TÂNTRICA COMPLETO PARA HOMENS E MULHERES 👇🏻👇🏻👇🏻 https://joycegumiero.online/opcao/ NUNCA MAIS GOZE RÁPIDO - ACABE COM A ... Muitos homens são incapazes de atrair as mulheres e não são bem sucedidos por não saberem ativar os gatilhos da atração na mente feminina. Eu sei que você deseja ter mais sucesso com as ... Artigo no Blog - http://canalmanualdohomem.com/5-truques-psicologicos-pra-atrair-mulheres/ Meu instagram - @manual.dohomem Livro - http://bit.ly/receitadaatr... COMO EXCITAR UMA MULHER utilizando palavras? Utilizando essas dicas você vai ser capaz de deixar uma mulher louca na cama e se destacar da maioria dos homens... Neste vídeo eu falo sobre a preferência de muitas mulheres sobre barbas. É um vídeo descontraído na visão DOS HOMENS sobre as mulheres. Assim como as mulhere... Hoje contamos pra vocês quais são as vantagens que nós notamos por namorar uma mulher. O video é apenas entretenimento kk Neste vídeo vou dar 10 dicas de como deixar uma mulher louca de tesão Link para o pronta para o romance: https://go.hotmart.com/M5313260Y Link para o livro D... Eu sei que você deseja ter mais sucesso com as mulheres. Então conheça o Código da Atração e aprenda como conquistar e namorar lindas mulheres e também Aprenda como deixar uma mulher louca ... Enjoy the videos and music you love, upload original content, and share it all with friends, family, and the world on YouTube.