Relação casual citações

23/jun/2015 - Explore a pasta 'chique' de Ivone Kazue Yamaguchi, seguida por 170 pessoas no Pinterest. Veja mais ideias sobre Citações, Palavras, Pensamentos. 28/abr/2018 - Explore a pasta 'RELACIONAMENTO' de leonardo1302, seguida por 1191 pessoas no Pinterest. Veja mais ideias sobre Citações, Relacionamento, Pensamentos. Autora: Kristen Proby Editora: Charme Páginas: 320 Classificação: 4/5 estrelas Samantha não é gosta da fama, holofotes e tudo que vem no pacote da exposição ao público. Seu passado a traumatizou e diversas vezes foi colocada nas manchetes às sombras da fama do seu irmão, famoso ator de Hollywood, Luke. Ela está recém desempregada e está em busca de outro emprego, que dessa vez ... Trump health aide alleges conspiracies, warns of revolt. WASHINGTON — The top communications official at the powerful cabinet department in charge of combating the coronavirus made outlandish ... „The image of the enterprise as a place where employees can achieve personal fulfilment is therefore an essentially ideological invention. It conceals the real transformations that have taken place, namely that enterprises are replacing labour by machines, producing more and better with a decreasing percentage of the workforce previously employed, and offering privileges to a chosen elite of ... 8/set/2020 - Explore a pasta 'casal top' de Brenda Silva no Pinterest. Veja mais ideias sobre Casal top, Casal, Fotos de casais. 6/jul/2020 - Explore a pasta 'Casal tumblr frases' de Jessica Campos no Pinterest. Veja mais ideias sobre Casal tumblr frases, Citações aleatórias, Frases apaixonadas. As citações mais interessantes citações de sexo de autores de todo o mundo - uma seleção de citações engraçadas, inspirados e inspiradores sobre o sexo. 13/nov/2017 - Explore a pasta 'cavalheirismo' de Evandro Rosella no Pinterest. Veja mais ideias sobre Citações, Cavalheiro, Palavras.

Uma introdução ao FAQ Anarquista

2019.03.03 16:14 DocStrang3l0ve Uma introdução ao FAQ Anarquista

Uma introdução ao FAQ Anarquista
INTRODUÇÃO
"Proletários do mundo, olhem para as profundezas de seus próprios seres, busquem a verdade e descubram-na por sua própria conta: vocês não irão encontrá-la em nenhum outro lugar" - Peter Arshinov, The History of the Makhnovist Movement
Este FAQ foi escrito por anarquistas do mundo inteiro em uma tentativa de apresentar a teoria e as ideias anarquistas para aqueles interessados nelas. Ele é um esforço co-operativo, produzido por um grupo de trabalho (virtual) e existe para apresentar uma ferramenta de organização útil para anarquistas on-line e, esperamos que, no mundo real também. Desejamos apresentar argumentos sobre por quê você deveria ser um anarquista, assim como refutar argumentos frequentes contra o anarquismo e outras soluçõe propostas para os problemas sociais que enfrentamos.
Como ideias anarquistas parecem tão em desacordo com o "senso comum" (como "mas é claro que precisamos do Estado e do Capitalismo") nós precisamos apontar porque anarquistas pensam como nós pensamos. Ao contrário de muitas teorias políticas, o anarquismo rejeita respostas petulantes e ao invés disso beseia suas ideias e ideais em uma análise profunda da sociedade e da humanidade. Para podermos fazer justiça tanto ao anarquismo quanto ao leitor nós resumimos nossos argumentos o máximo que foi possível sem simplificá-los. Nós sabemos que este é um documento longo e pode desanimar o leitor casual mas sua extenção é inevitável.
Leitores podem considerar nosso extensivo uso de citações como "uma coisa útil de se ter, poupando a pessoa do problema de pensar por conta própria." (A. A. Milne) Este, é claro, não é o caso. Nós incluímos extensas citações de diversas figuras anarquistas por três razões. Em primeiro lugar, para indicar que NÃO estamos inventando nossas afirmações sobre o que certos anarquistas pensavam ou defendiam. Em segundo lugar, e mais importante, isso nos permite ligar as vozes passadas do anarquismo com seus partidários contemporâneos. E por último, as citações são usadas por suas habilidades em transmitir ideias de maneira sucinta, e não como um apelo à "autoridade."
Além disso, muitas citações são usadas para permitir que os leitores investiguem as ideias das mesmas e resumam os fatos, portanto economizando espaço. Por exemplo, uma citação de Noam Chomsky sobre o desnvolvimento do capitalismo pela proteção estatal assegura que nós fundamentemos nossos argumentos em fatos sem necessáriamente termos que apresentar todas as evidências e referências que Chomsky utiliza. Similarmente, nós citamos especialistas em determinados assuntos (como economia, por exemplo) para suportar e reforçar nossas análises e afirmações.
Nós devemos também contar a história deste FAQ. Ele começou em 1995, quando um grupo de anarquistas se reuniu para escrever um FAQ refutando afirmações sobre certos "libertários" capitalistas serem anarquistas. Aqueles que estavam envolvidos no projeto já haviam gastados muitas horas on-line refutando afirmações dessas pessoas de que capitalismo e anarquismo poderiam caminhar juntos. Finalmente, um grupo de ativistas virtuais decidiu que o melhor a fazer seria a produção de um FAQ explicando o porquê do anarquismo odiar o capitalismo e o porquê de os "anarco" capitalistas não serem anarquistas. No entanto, após a sugestão de Mike Huben (que mantém a página "Critiques of Libertarianism"), foi decidido que um FAQ pró-Anarquista seria uma ideia melhor que um anti-"anarco"-capitalista. Então o FAQ Anarquista nasceu. Ele ainda carrega alguns sinais de sua história pregressa. Por exemplo, ele ainda reserva para indivíduos como Ayn Rand, Murray Rothbard, e outros, um espaço considerável fora da seção F -- eles não são tão importantes assim. No entando, como eles apresentam exemplos extremos das hipóteses e da ideologia capitalista cotidiana, eles têm seu uso -- eles expoem claramente as implicações autoritárias da ideologia capitalista cujos apoiadores mais moderados tentam esconder ou minimizar.
Nós acredimos que tenhamos produzido um útil recurso on-line para anarquistas e outros anti-capitalistas utilizarem. Talvez, à luz dos acontecimentos, devamos dedicar este FAQ anarquista aos muitos capitalistas "libertários" on-line que, com seus argumentos fúteis, nos incentivaram a iniciar este trabalho. Mais uma vez, isso daria a eles muito crédito. Fora da rede eles são irrelevantes e na rede eles são somente irritantes. Como você pode imaginar, as seções F e G contêm a estrutura do FAQ anti-Libertário inicial e estão incluídos puramente para refutar a afirmação relativamente comum na internet de que um anarquista pode ser um simpatizante do capitalismo (no mundo real isso não seria necessário, já que quase todos os anarquistas veem o "anarco"-capitalismo como uma contradição e que seus partidários não são parte do movimento anarquista).
Então, embora tenha surgido por uma razão muito específica, o FAQ se expandiu até se tornar algo muito maior do que nós originalmente imaginamos. Ele se tornou uma introdução geral sobre o anarquismo, suas ideias e sua história. Pelo fato do anarquismo reconhecer que não existem respostas fáceis e que a liberdade deve ser baseada na responsabilidade individual, o FAQ é bastante profundo. Enquanto ele também desafia muitas suposições, nós tivemos que cobrir um vasto terreno. Nós também admitimos que algumas das "perguntas frequentemente feitas" que incluímos são perguntadas com mais frequencia que outras. Isso se deve à necessidade de incluir argumentos relevantes e fatos que de outra maneira talvez não tivessem sido incluídos.
Temos certeza que muitos anarquistas não irão concordar com 100% do que nós escrevemos neste FAQ. Isso é esperado em um movimento baseado na liberdade individual e no pensamento crítico. No entanto, temos certeza que a maioria dos anarquistas irão concordar com a maior parte do que apresentamos e respeitar aquelas partes com as quais eles discordam como expressões genuínas de ideias e ideais anarquistas. O movimento anarquista é marcado pela divergência generalizada e discussões sobre vários aspectos das ideias anarquistas e como aplicá-las (mas também, devemos adicionar, uma tolerância generalizada de diferentes pontos de vista e uma boa vontade para trabalharem juntos apesar de discordâncias menores). Nós tentamos refletir isso nesse FAQ e esperamos ter feito um bom trabalho em apresentar as ideias de todas as tendências anarquistas que discutirmos.
Não temos o desejo de cravarmos na rocha o anarquismo é e não é. Ao invés disso, o FAQ é um ponto de início para as pessoas lerem e aprenderem por conta própria sobre anarquismo e traduzirem esse aprendizado em ação direta e atividade. Fazendo isso, nós transformamos o anarquismo em uma teoria viva, um produto da atividade individual e social. Somente pondo nossas ideias em prática nós podemos encontrar as qualidades e as limitações e então desenvolver a teoria anarquista em novas direções e à luz de novas experiências. Nós esperamos que o FAQ reflita e auxilie este processo de auto-atividade e auto-educação.
Temos certeza que existem vários assusntos dos quais este FAQ não trata. Se você achar que nós podemos adicionar alguma coisa ou sente que existe uma pergunta e uma resposta que deveriam ser incluídas, entre em contato conosco. O FAQ não nossa "propriedade" e sim pertence a todo o movimento anarquista e portanto pretende ser uma criação viva e orgânica. Nós desejamos ver ele crescer e se expandir com novas ideias e contribuições do maior número de pessoas possível. Se você quiser se envolver com este FAQ então contate-nos. Igualmente, se outros (particularmente anarquistas) quiserem distribuir parte ou todo o material, sintam-se livres para fazê-lo. Ele é um material para o movimento. Por esta razão nós "copyleftizamos" Um FAQ Anarquista (veja http://www.gnu.org/copyleft/copyleft.html para mais detalhes). Desta maneira, nós asseguramos que o FAQ permaneça um produto livre e gratuito, disponível para o uso de todos.
Um último ponto. A linguagem mudou muito com o passar dos anos e isso se aplica aos pensadores anarquistas também. O uso do termo "homem" para se referir à humanidade é um que mudou. Não é necessário dizer que no mundo contemporâneo tal uso é inaproopriado pois efetivamente ignora metade da raça humana. Por esta razão o FAQ tentou adotar a netralidade de gênero*. No entanto, essa consciência é relativamente recente e muitos anarquistas (até mesmo mulheres, como Emma Goldman) utilizaram o termo "homem" para se referir à humanidade como um todo. Quando estivermos citando camaradas passados que usam "homem" desta forma, óbviamente se referirá à humanidade como um todo e não sómente ao sexo masculino. Onde for possível, iremos adicionar "mulher", "mulheres", "sua" e assim por diante mas se isso tornar a sitação ilegível, iremos deixá-la inalterada. Esperamos que isso deixe nossa posição clara.
Então, esperamos que este FAQ entretenha vocês e faça vocês pensarem. Com sorte ele irá produzir alguns anarquistas mais e acelerar a criação de uma sociedade anarquista. Se tudo mais falhar, nós aproveitamos a criação desse FAQ e mostramos que o anarquismo é uma ideia política viável e coerente.
Nós dedicamos este trabalho aos milhões de anarquistas, vivos ou mortos, que tentaram e estão tentando criar um mundo melhor. Um FAQ Anarquista foi oficialmente lançado em 19 de Julho de 1996 por esta razão -- para celebrar a Revolução Espanhola de 1936 e o heroísmo do movimento anarquista espanhol. Esperamos que nosso trabalho aqui ajude a fazer do mundo um lugar mais livre.
Os seguintes auto-proclamados anarquistas são os (principais) responsáveis por este FAQ:
Iain McKay (principal contribuidor e editor)
Gary Elkin
Dave Neal
Ed Boraas
Nós gostaríamos de agradecer as seguintes pessoas por suas contribuições e pelo feedback:
Andrew Flood
Mike Ballard
Francois Coquet
Jamal Hannah
Mike Huben
Greg Alt
Chuck Munson
Pauline McCormack
Nestor McNab
Kevin Carson
Shawn Wilbur
Nicholas Evans
E nossos camaradas na anarquia, reúnam-se e organizem-se!
"Um FAQ Anarquista", Versão 15.1 Copyright (C) 1995-2018 The Anarchist FAQ Editorial Collective: Iain McKay, Gary Elkin, Dave Neal, Ed Boraas
Permissão garantida para copiar, distribuir e/ou modificar este documento sob os termos da GNU Free Documentation License, Versão 1.1 ou qualquer versão posterior publicada pela Free Software Foundation, e/ou termos da GNU General Public License, Versão 2.0 ou qualquer versão superior publicada pela Free Software Foundation.
Veja as páginas das licensas em http://www.gnu.org/ para mais detalhes.
*Não tenho muita experiência em como deixar o texto com uma neutralidade de gênero. Portanto, quem quer que esteja lendo este documento, sinta-se livre para apontar e melhorar o que pode ser melhorado (em relação à tradução de um modo geral também).
Créditos pela tradução:
----DocStrang3l0ve---
submitted by DocStrang3l0ve to AnarquismoBrasil [link] [comments]


www.youtube.com RECADO DE DEUS PRA VOCÊ! Definindo a Relação de Causa e Efeito em Epidemiologia Relação Casual Pode Valer A Pena? Como Aproveitar o Melhor das Situações CITAÇÃO NO PROCESSO CIVIL Lais Oliveira - Nosso fim. (Citação)

Resenha 'Canta Comigo' - Kristen Proby - Livros & Citações

  1. www.youtube.com
  2. RECADO DE DEUS PRA VOCÊ!
  3. Definindo a Relação de Causa e Efeito em Epidemiologia
  4. Relação Casual Pode Valer A Pena? Como Aproveitar o Melhor das Situações
  5. CITAÇÃO NO PROCESSO CIVIL
  6. Lais Oliveira - Nosso fim. (Citação)
  7. Lais Oliveira - YouTube
  8. Entre Cabelos e Barba - YouTube

Skip navigation Sign in. Search Nesse vídeo eu conto a história de uma relação Casual que eu tive recentemente e explico como não ter uma opinião sobre como ela 'deveria' ser me ajudou a curtir muito o momento com aquela ... A citação é o ato que se provoca o réu, o executado ou o interessado para integrar a relação jurídica processual. Apesar da citação não convocar o réu para f... Aula acerca da definição dos determinantes de saúde e hierarquia dos estudos epidemiológicos. 107 videos Play all Citações Lais Oliveira; Lais Oliveira - Desisto de você. (Citação) - Duration: 2:04. Lais Oliveira 2,852,799 views. 2:04. O nosso fim foi a minha segunda chance de ser ... Olá, esse é o Entre Cabelos e Barba o seu canal sobre relacionamentos! Somos Joelson Madeira e Patrícia Guollo, um casal imperfeito lutando diariamente para ... Enjoy the videos and music you love, upload original content, and share it all with friends, family, and the world on YouTube. His Girlfriend Applied For Him, Watch What Happens Next! Audition 1 The X Factor UK 2017 - Duration: 5:06. Top Viral Talent Recommended for you